segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Eleições 2020; Eleitores de Santa Cruz e Jataúba deixam recado claro nas urnas

 

Os resultados das urnas em 2020 deixaram vários recados nas cidades de Jataúba e Santa Cruz do Capibaribe no Agreste de Pernambuco. Como já havia acontecido em Toritama em 2016 quando o desacreditado Edilson Tavares venceu as eleições, em 2020 o eleitorado dessas duas cidades deixaram claro que a paixão política por grupos tradicionais tem perdido forças e o sentimento de mudanças foi um recado claro deixado nas urnas no último dia 15 de novembro.

Se em Santa Cruz Edson Vieira saiu enfraquecido quando o seu candidato à sucessão ficou em terceiro lugar sendo superado por Fábio Aragão eleito, e Alan Carneiro esse inclusive que saiu o mais fortalecido desse pleito, em Jataúba a derrota do candidato Jackson Buraco indicado pelo atual prefeito Antônio de Roque foi um duro golpe para o atual prefeito do município que viu minar uma liderança de quase 30 anos no município.

Em Santa Cruz a derrota de Edson liga um sinal de alerta, já que não é segredo pra ninguém que o atual prefeito pretende disputar uma vaga de deputado federal nas eleições de 2022, o resultado acachapante nas urnas certamente farão com que Edson repense a sua posição e refaça as contas uma vez que sair de casa com uma boa votação é fundamental para conquistar uma das 25 vagas do Estado na Câmara Federal.

Jataúba por sua vez traz um cenário diferente, depois de perder duas eleições seguidas 2018 e 2020, Antônio de Roque viu os votos dos seus principais redutos serem minados e além de perder a prefeitura perdeu na câmara o seu principal defensor que era o seu filho Jackson Galego que também saiu derrotado nessas eleições. Se quiser mostrar a sua liderança, Roque terá que mostrar forças já nas eleições de 2022 que servirão de termômetro para as eleições municipais de 2024.

Em um cenário totalmente desfavorável resta saber se Antônio de Roque terá gana de disputar as próximas eleições ou indicar alguém, há quem diga que diante dos fatos atuais o ainda prefeito do município poderá passar o bastão para uma nova liderança que terá a partir de então a missão de fazer um trabalho de fortalecimento do grupo que será oposição a partir de janeiro de 2021 visando reconquistar a prefeitura de Jataúba, e não isso, mas, também trazer um equilíbrio político no município já que a diferença nessas eleições chegaram próximo dos 2 mil votos.

Jota Silva / Folha de Jataúba


Nenhum comentário:

Postar um comentário