quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Reunião entre Diogo Moraes e Paulo Câmara é cancelada

Anunciada para acontecer na tarde desta terça-feira, dia 18, a reunião entre o deputado estadual Diogo Moraes e governador Paulo Câmara não aconteceu. O encontro ocorreria no Palácio do Campo das Princesas e serviria, em tese, para sacramentar o destino do PSB de Santa Cruz do Capibaribe para a eleição deste ano. 

O estopim - No último dia 11 de agosto o presidente do PSB no Estado, Sileno Guedes, enviou nota à imprensa, onde deixou claro que o partido deverá marchar com Fernando Aragão na eleição de novembro. “Estamos aguardando o pronto reestabelecimento da saúde de Fernando, que tem uma relação histórica com nosso partido e com o governador Paulo Câmara para marcharmos junto com ele na próxima eleição em Santa Cruz”, disse Sileno na nota, ao citar o estado de saúde de Fernando, que está hospitalizado desde o dia 20 de julho, depois de apresentar sintomas da Covid-19. 

O quadro de Fernando - O ex-vereador está sedado e entubado desde a tarde do último dia 4 de agosto e desde então as notícias dão conta que seu estado de saúde é grave, porém, estável. 

O fator PP - Na nota, Sileno realçou a importância política e estratégica do PP, que é presidido pelo deputado federal Eduardo da Fonte. “Ele e o PP são estratégicos para o fortalecimento da Frente Popular em Pernambuco”, disse Sileno na nota, que fez ferver os bastidores da política local, em especial, o grupo Taboquinha. 

#Resolvido - Desde então, aliados e simpatizantes de Fernando Aragão dão como certo o apoio do PSB ao seu projeto eleitoral. Para eles, a nota de Sileno não deixa brechas para interpretações, é prego batido e ponta virada. O peso político de Da Fonte e PP são indiscutíveis e isso teria engolido inclusive, conjunturas locais e/ou fatores históricos. 

#Resolvido 2 - No entanto, apoiadores de Helinho Aragão ainda não se dão por vencidos. O prestígio de Diogo Moraes junto ao Palácio do Campo das Princesas e o patrimônio eleitoral de um grupo que ainda tem o ex-prefeito Zé Augusto Maia e vereadores como Ernesto Maia e Deomedes Brito, seriam, em tese, fatores decisivos para que Paulo não ‘queime’ a candidatura do PSB. 

E agora? - A não realização da reunião desta terça deixou muita gente de orelha em pé. Afinal de contas, o que estaria por trás do cancelamento do encontro? Já que não quero acreditar que tal evento foi fruto da imaginação de quem quer que seja. 


No final das contas... - A forma como o partido Taboquinha irá ás urnas em novembro segue indefinida, se com uma ou duas candidaturas, e mais, segue incerto o futuro político de muitas personalidades, dentre elas, Marllos Mello, Augusto Maia, Toinho do Pará, Diogo Moraes e Helinho Aragão, que vive mais um drama em sua breve, mas intensa trajetória de homem público.

Informações Blog do César Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário