segunda-feira, 6 de julho de 2020

Renato Feder recusa convite de Jair Bolsonaro para ser Ministro da Educação

Renato Feder 'declina' do convite de Jair Bolsonaro para ser Ministro da Educação
Em uma publicação nas redes sociais, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, avisou que não vai ser ministro da Educação. Ele relatou que recebeu o convite do presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira (2). O Ministério da Educação está sem o titular da pasta desde a saída de Abraham Weintraub, no dia 18 de junho.

"Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação", escreveu Renato Feder no Twitter.

Sem ministro de Educação

O presidente Jair Bolsonaro chegou a escolher o economista Carlos Alberto Decotelli para o ministério. No entanto, o governo pediu para deixar o cargo após questionamentos a seu currículo, no qual inclusive ele incluiu os seis dias que ficou como ministro da Educação, mesmo sem a posse oficial.

Informações Rádio Jornal Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário