sexta-feira, 5 de junho de 2020

Governo Federal vai ao encontro de projeto de Eduardo da Fonte e anuncia que vai estender o auxílio emergencial

O governo federal anunciou na noite desta quinta-feira (4) que o auxílio emergencial terá mais duas parcelas. Com isso, o pagamento deve ser estendido até o mês de agosto. O anúncio está em sintonia com o PL 2550/20, do deputado federal Eduardo da Fonte (PP), que estende por mais seis meses o pagamento do auxílio emergencial: até 31 de dezembro deste ano, data final do período de calamidade pública por causa do coronavírus.

“Estamos trabalhando desde o início da pandemia para que este benefício seja estendido enquanto durar a pandemia. Esse dinheiro é muito importante para ajudar milhões de famílias por todo o Brasil. O aumento do consumo dessas pessoas vai dar um novo fôlego para a economia e vai ajudar o País a sair dessa crise” afirmou o deputado.

O projeto de Eduardo da Fonte conta com amplo apoio na Câmara dos Deputados. Pelo menos 273 parlamentares manifestaram-se favoráveis ao projeto. O deputado também apresentou outro projeto de lei que trata sobre distribuição de renda, o PL 3023/20 cria o Programa Renda Básica Brasileira e prevê o pagamento mensal e permanente de R$ 600 para os inscritos no benefício, além da unificação das ações de transferência de renda do Governo Federal, como Bolsa Família, Bolsa Verde, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e Seguro Defesa.

Informações da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário