sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Citados em polêmica negam participação em suposta vaia ao grupo da terceira na cidade de Jataúba

Após a polêmica ocorrida no último sábado no Sítio Empoeiras na Zona Rural de Jataúba, onde durante passagem de integrantes do grupo denominado terceira em um torneio de futebol que estava acontecendo na localidade um grupo de simpatizantes ensaiou uma vaia no momento em que estavam junto das jovens alguns parlamentares e o vice-prefeito do município o que gerou muita polêmica durante a semana no município.

Na última terça-feira o vice-prefeito Buraco fez contato com a nossa equipe e disse que estava no local a convite das jovens para tirar uma foto e que jamais vaiou, gritou ou fez qualquer tipo de incentivo, porém, ressaltou que não teve como impedir que as pessoas que estavam no local tomassem tal atitude. “Tem uns vídeos aí gravados e se alguém mostrar qualquer reação minha de incentivo ou rindo da situação pode mostrar que eu renuncio o mandato, sou filho de uma professora que me deu educação e jamais faria uma coisa dessas”, declarou Jackson.

Já os vereadores mencionados pela imprensa e pelas redes sociais usaram a tribuna da câmara na sessão desta quinta-feira (20) para desmentir a situação. O vereador Veinho um dos citados disse que está sendo vítima de perseguição política e declarou que só foi ao local citado para tirar uma foto e que no momento aconteceu a tal vaia, porém, disse que não vaiou ninguém e nem fez qualquer tipo de incentivo. “Devo satisfação ao povo e a mais ninguém, esse aí que fica com perseguição comigo me chamando até de palhaço é uma pessoa que ninguém em Jataúba gosta dele, agora ele sim, é um palhaço”, se referindo segundo ele a um dos radialistas da Jataúba FM.

Já o presidente da Câmara Paulo Floriano também desmentiu a situação e disse que tem respeito pelas pessoas, Paulo criticou quem repercutiu a notícia bem como o blogueiro França que estava na galeria da câmara e disse que o mesmo colocou uma informação mentirosa no seu blog ao citar o nome dos envolvidos em algo que segundo ele não aconteceu, o foi propagada de forma irresponsável.

O vereador disse que tem respeito pelo povo e faz um trabalho sério, e destacou que em quase 20 anos de vida pública nunca foi a evento nenhum para vaiar ninguém. Segundo o vereador a prova do seu respeito para com a população jataubense e do povo para com ele será o resultado das urnas em 04 de outubro e cravou que irá aumentar significativamente a sua votação na região da Empoeiras comparando-se as eleições de 2016.

Jota Silva / Folha de Jataúba

Nenhum comentário:

Postar um comentário