sexta-feira, 1 de novembro de 2019

PSDB Nacional e de Pernambuco repudiam declaração de Eduardo Bolsonaro sobre AI-5

 presidente do PSDB Nacional, Bruno Araújo, repudiou, nesta quinta-feira, 31, a declaração do filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, sobre o possível "novo AI-5", Ato Institucional decretado durante o governo militar no País.

De acordo com o tucano, ameaçar a democracia é jogar o Brasil novamente nas trevas. "O PSDB nasceu na luta pela volta da democracia no Brasil condena de maneira veemente as declarações do filho do presidente da República", afirma Araújo. E completou: “parece que não restam mais dúvidas sobre as intenções autoritárias de quem não suporta viver em uma sociedade livre. Preferem a coerção ao livre debate de ideias. Escolhem a intolerância ao diálogo.”

Para a presidente do PSDB em Pernambuco, a deputada Alessandra Vieira, as declarações do filho do presidente são uma ameaça ao regime democrático que sobrevive na defesa do direito ao contraditório. "O nosso estado tem sua história marcada pela defesa da liberdade. O PSDB de Pernambuco continuará firme, como sempre, na defesa da democracia”, complementa a presidente Alessandra Vieira.

Informações Blog do César Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário