quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Governo Bolsonaro apresentará em abril o Plano Nacional de Segurança Hídrica

Resultado de imagem para gustavo canuto
O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou em Brasília que o governo do presidente Jair Bolsonaro anunciará em abril um Plano Nacional de Segurança Hídrica, que prevê investimentos de R$ 25 bilhões em 114 obras visando à ampliação do abastecimento de água no país.
Dessas obras, 66 estão localizadas na região Nordeste, área que mais sofre com a falta de chuvas. Elas estão sendo elaboradas pela Agência Nacional de Águas (ANA). “Nossa meta é apresentá-lo durante a cerimônia dos 100 dias de governo”, disse o ministro.
O Plano Nacional de Segurança Hídrica vai priorizar intervenções estratégicas em todo o Brasil, incluindo obras dos estados e da União. Estão sendo mapeadas barragens, adutoras, canais e eixos de integração, todas consideradas necessárias à oferta de água para abastecimento humano e o uso em atividades produtivas. Ele vai priorizar a conclusão das obras que já se encontram em andamento.
O MDR uniu os Ministérios da Integração Nacional e das Cidades. Além disso, no sentido de agrupar os órgãos com atuação no setor hídrico, passaram a integrar a estrutura da pasta a ANA, o Conselho Nacional de Recursos Hídricos e algumas ações específicas do Ministério do Meio Ambiente.
Segundo o ministro, a conclusão do projeto de transposição do rio São Francisco será a prioridade do Governo Federal. O Eixo Leste foi entregue em março de 2017 e abastece cerca de 1 milhão de habitantes em 35 cidades da Paraíba e de Pernambuco.
Já o Eixo Norte, que levará água para o Ceará, está em fase final e deverá ser concluído no primeiro semestre de 2019.
Informações Blog do Inaldo Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário